ENSINO MÉDIO EM SINTONIA COM AS REFORMAS

03/08/2018

 

Uma das principais mudanças propostas para uma reforma no ensino médio diz respeito à autonomia do aluno, com a possibilidade de escolher em qual área gostaria de focar seus estudos, já nesta etapa do percurso escolar. A ideia é propor flexibilidade às disciplinas, permitindo ao estudante aprofundar conhecimentos de acordo com seus interesses e aptidões. Diante de qualquer mudança, porém, caberá às escolas estarem preparadas para oferecer subsídios para que o aluno possa trilhar um novo percurso, de maneira instigante, tendo um alicerce firme no que diz respeito aos conhecimentos fundamentais, com opções diversas, em sintonia com suas expectativas e em consonância com a sociedade do século XXI.

Embora as mudanças anunciadas para o ensino médio ainda não tenham sido consolidadas, o COC Sorocaba – Santa Rosália antecipou-se e inseriu algumas disciplinas eletivas para o ensino médio. As disciplinas eletivas fazem parte do rol das propostas anunciadas pelo MEC e em nosso colégio já acontecem. Elas são semestrais, gratuitas e oferecidas fora do horário regular das aulas (ioga, microbiologia aplicada, robótica, teatro, desenvolvimento de games, empreendedorismo…).

O trabalho desenvolvido através das eletivas tem seu foco principalmente nas questões práticas, oferecendo aos alunos oportunidades para um olhar mais crítico, iniciativa, espírito criativo e reflexivo, o que deve impactar em uma nova mentalidade na dinâmica escolar e na busca do conhecimento.

A diretora pedagógica, Professora Annaluci Corrêa, entende que mudanças no plano didático e pedagógico são bem-vindas: “Penso que esta renovação, se bem elaborada, poderá ser positiva, pois, de certa forma, mudará um pouco o foco exclusivo para o vestibular, trazendo novas e diferentes possibilidades ao aluno".

A diretora reforça também a importância em se manter uma base muito sólida que dê ferramentas para que o aluno tenha pensamento crítico, bagagem cultural ampliada e capacidade interpretativa do mundo. Com esses pré-requisitos bem estruturados, a oferta de possibilidades de conteúdos mais específicos, não só ampliará, mas também enriquecerá o currículo e a formação do aluno.

É interessante frisar também a importância de esta ser uma fase de experimentações, o que significa que o estudante pode fazer uma eletiva e descobrir que não tem muita afinidade com a área e, ainda no ensino médio, conseguir mudar sua caminhada para que a escolha de uma faculdade seja mais assertiva.

Vale ressaltar que ao incentivar a autonomia no processo educativo, é preciso que o corpo docente esteja também preparado para cultivar a curiosidade nos alunos, destacando sempre a importância de como novos conhecimentos e novas atitudes serão aplicadas na construção de uma sociedade mais justa e diversa.

Annaluci Corrêa

Diretora Pedagógica

NOTÍCIAS RELACIONADAS

07/11/2018
Halloween
Uma data popular nos Estados Unidos e que a cada dia ganha mais adeptos no  Brasil, o Halloween tam...
CONTINUE LENDO
14/05/2018
Visita à Flona
Aprender geografia, história e biologia em meio à natureza e ainda ter a oportunidade de visitar u...
CONTINUE LENDO
30/08/2019
Visita à NASA
O Kennedy Space Center – InternationalAcademy, responsável pelo setor educativo da...
CONTINUE LENDO
23/04/2019
Bingo
Com o tema “O que levamos em uma viagem”, a professora Rafaela realizou um bingo bem div...
CONTINUE LENDO